Terça, 06 Março 2018 21:52

ESPECIALISTAS VEEM COM CAUTELA LINHA INFANTIL DE MAQUIAGEM

Avalie este item
(0 votos)

Erotização precoce e consumismo são as principais preocupações.
A fabricante de brinquedos brasileira Estrela vai lançar em breve uma linha de maquiagem voltada para o público infantil.

Os produtos deverão ser vendidos em uma rede de lojas próprias, a primeira com inauguração prevista para abril no Morumbi Shopping, em SP. Mas os planos da empresa foram recebidos com cautela por especialistas para evitar estímulos à erotização precoce e ao consumismo entre as meninas de 5 a 12 anos, público-alvo declarado pela própria Estrela para a iniciativa.
- Temos que ter muita cautela sobre esse assunto. Já existem hoje linhas de esmalte, tatuagens e de maquiagem para crianças, mas é preciso que os pais saibam em que momento usar esses produtos, qual usar e o cuidado para não sexualizar a criança – diz Lívia Marques, psicóloga clínica com foco em terapia cognitivo-comportamental.
Opinião parecida tem Ana Olmos, psicanalista infantil e integrante do conselho do Instituto Alana, dedicado a questões de consumo infantil.
- A erotização precoce não é só uma questão de maquiagem, mas do tipo de produtos que estamos oferecendo para as crianças e como eles estão ligados a uma atitude que vê a criança como um adulto em miniatura – avalia.
Ana lembra, por exemplo, que é comum ver em lojas de calçados sapatos de salto alto para crianças, o que, segundo ela, não tem cabimento, já que as meninas, com o corpo ainda em desenvolvimento, não têm nem condições físicas para usá-los adequadamente.
- Nesse caso, você está oferecendo algo que não é adequado para alguém que ainda está em formação não só física como psicológica, trazendo a representação de uma imagem corporal de uma mulher adulta para dentro da infância, e a oferta de maquiagem se assemelha a isso – considera. – A menina, então, vai construir sua imagem corporal em meio a esse caos de referências. Assim, cabe aos pais ficarem atentos para ver se o que está sendo vendido é de fato adequado para suas filhas e como esses produtos serão usados, se isso alimenta a infância da menina ou se está trazendo uma sexualização ou identificação com a idade adulta.
Diretor presidente da Estrela, Carlos Tilkian garante que a empresa está atenta a essas questões. Segundo ele, a criação da linha – que deverá incluir batons, esmaltes, sombras para os olhos e gloss – é fruto de dois anos de pesquisas em que foram ouvidos crianças, pais, psicólogos e educadores e identificada uma demanda que não estava sendo suprida adequadamente.
- Não estamos criando um mercado ou incentivando o consumo de maquiagem por crianças, mas, dado que já existe uma demanda, queremos que seu atendimento seja mais consciente e adequado e passe longe do conceito de erotização, procurando valorizar a menina como ela é, estimulando sua autoestima – afirma. – Nossa estratégia é muito mais no sentido de preencher essa lacuna no anseio de meninas que gostam e se maquiam com o consentimento dos pais, mas não encontram produtos voltados especificamente para elas.
Ainda de acordo com Tilkian, é de olho nisso que a empresa também decidiu por uma estratégia de só vender os produtos por meio de lojas próprias, e talvez futuramente franqueadas, dedicas exclusivamente à linha, numa rede que deverá se chamar “Estrela Beauty”.
- Queremos que as meninas possam ter uma vivência e experiência assessorada no consumo desses produtos, com uma mensagem de valorização e lúdica que seria difícil de levar com a venda por redes varejistas genéricas ou lojas de brinquedos – conclui.

Ler 36 vezes

ANVISA DETERMINA RECOLHIMENTO DE 79 LOTES DE FRALDAS

Após denúncia da Anvisa mandou recolher 70 lotes de fraldas descartáveis da marca Huggies Turma da Mônica.

Leia Mais

REGRA AFETA EMPRESAS OPTANTES PELO LUCRO REAL ANUAL

Entrou em vigor no final de maio a Lei 13.670, cujo texto restringe compensações tributárias. Agora, empresas optantes pelo lucro real anual não podem mais realizar  o pagamento das estimativas mensais de IRPJ e da CSLL por meio de compensação com os valores que tinham a receber do Fisco.

Leia Mais

ARTIGOS DE LIMPEZA EM CÁPSULAS

De olho no mercado sustentável, dupla produz artigos de limpeza e aposta no modelo de venda por assinatura.

Leia Mais

ADIVINHA QUEM VAI PAGAR A CONTA...

A paralisação dos caminhoneiros provocou perdas em todos os setores da economia e mudou a rotina dos brasileiros. Segundo cálculos do economista da FGV Claudio Considera, o país deve ter perdido R$ 10 bilhões diários com a greve. O déficit fiscal do governo deve subir para R$ 150 bilhões, e...

Leia Mais

R$ 39,3 BILHÕES PARA TURBINAR O CONSUMO

Governo libera o saque do PIS/PASEP para 28,7 milhões de pessoas desde o dia 18,

Leia Mais

SEMPRE O CELULAR...

A queixa é universal: meu filho, marido, neto, namorado, colega não conversa mais! Minha mulher, irmão, filha, tia mãe, neta não larga a porcaria do celular! Ninguém mais olha pela janela no ônibus! Não se vê mais ninguém com livro ou com jornal no metrô! Em suma: a humanidade olhou...

Leia Mais

EMPRESAS CORTAM MARGENS, ADIAM INVESTIMENTOS E REDUZEM DESCONTOS

As oscilações bruscas do câmbio e a alta de quase 10% do dólar nos últimos 45 dias estão drenando as margens e comprometendo o caixa de empresas que dependem de insumos importados e têm dívidas em dólar. Entre os setores mais afetados, porque mantêm dívidas em dólar ou porque importam...

Leia Mais

CRESCE A FILA DO SOCORRO

Lentidão na retomada da economia faz pedidos de recuperação judicial aumentarem 30% A frustração com o crescimento do PIB já começa a afetar as empresas que apostavam numa retomada mais firme para reequilibrar seus negócios. Resultado: o número de pedidos de recuperação judicial, que tinha recuado em 2017, voltou a subir...

Leia Mais

GREVE - A REALIDADE DO ACORDO

Não será fácil o governo cumprir na área econômica o que prometeu para tentar controlar a greve do transporte de carga. O Brasil não é autosuficiente em diesel, isso significa que ele passará a subsidiar um produto que é importado e que pode ser trazido ao país pela Petrobrás ou...

Leia Mais

SAIBA QUAIS SÃO OS PRIMEIROS IMPACTOS DA REFORMA TRABALHISTA

A reforma trabalhista completou seis meses em vigor e seus impactos começam a ficar mais claros. Segundo especialistas, os primeiros resultados práticos da nova legislação podem ser considerados positivos. Melhoria nas negociações de contratos de trabalho para empresas e funcionários é um dos avanços mais citados.  

Leia Mais

PGFN ALTERA PORTARIA SOBRE PENHORA ADMINISTRATIVA E ADIA INÍCIO DA VIGÊNCIA

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional decidiu adiar para 1º de outubro o início da vigência da Portaria PFGN 33, que regulamenta a norma que permite o bloqueio de bens sem autorização judicial.  

Leia Mais

MÁQUINAS ESSENCIAIS A MICROEMPRESA NÃO PODEM SER PENHORADAS

Segundo TRF3, jurisprudência considera impenhoráveis bens indispensáveis ao regular exercício das atividades da empresa de pequeno porte.  

Leia Mais

IBAMA AUTUA GIGANTES DO AGRONEGÓCIO

Empresas teriam comprado soja de áreas embargadas, diz instituto.  

Leia Mais

BLOQUEIO A CARGAS VIVAS LEVA 5 FRIGORIFICOS DE AVES E SUÍNOS A PARAR

Com o bloqueio nas rodovias também ao tráfego de veículos com cargas perecíveis e animais vivos, a ABPA já registra a paralisação de 5 plantas produtoras de aves e suínos.  

Leia Mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA FARÁ MISSÃO AOS EUA

Em meio à denúncia de corrupção ativa, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que uma nova missão brasileira seguirá aos Estados Unidos nesta semana para tentar reabrir aquele mercado à carne bovina in natura.  

Leia Mais

Assine nossa newsletter

Tenha todas notícias no seu email.

Assinar

Newsletter


Preencha com seu nome e email os campos abaixo

É gratuito!!