Quinta, 08 Fevereiro 2018 09:53

PRODUTOS MAIS CAROS VOLTAM AO CARRINHO DE COMPRAS

Avalie este item
(0 votos)

Quedas da inflação e do desemprego trazem alívio ao bolso do brasileiro.
Retornam à lista itens que haviam saído com a inflação, como cookies, azeite e sabão líquido.

Sabão líquido para lavar roupas, creme para cabelos, cookies e azeite começam a voltar ao carrinho de compras do brasileiro. Produtos de marca própria dão lugar a itens líderes de mercado. Esse movimento é resultado de um alívio no bolso do consumidor, proporcionado por juros e inflação menores e por uma retomada gradual do emprego e da renda. Para atrair um consumidor mais racional após a crise, o varejo aposta em promoções e em maior diversidade. Especialistas ressaltam que o consumo dará impulso ao crescimento da economia este ano, estimado em 3%. Boa parte desse movimento, de acordo com pesquisa da Nielsen, virá da classe C. Essa retomada do consumo, contudo, será bem diferente do boom dos anos pré-crise. A fartura, comum a quem ascendeu rapidamente no mercado de consumo, dá lugar à racionalidade, principalment4e porque a classe média foi a fatia da população mais afetada nos anos de recessão.
- Esse aumento do consumo está indo para a melhora dos gastos básicos. São trocas de marcas, produtos que a pessoa tinha deixado de consumir ou compras que foram adiadas. Há uma maior consciência – avalia Mariana Morais, especialista em consumo da consultoria Nielsen.
O consumo deve aumentar em R$ 124 bilhões em 2018, incremento de 5% sobre pouco mais de R$ 2,5 trilhões usados em compras anualmente, segundo cálculos do Santander. Entram nessa conta gastos com bens de consumo não duráveis, como alimentos e roupas, e duráveis, como eletrodomésticos e veículos, além de uma longa lista de serviços. O valor adicional previsto para este ano, avalia o banco, virá em duas fatias. Uma é pelo aumento da massa salarial, proporcionado pela volta do emprego, com previsão de injeção de R$ 87 bilhões. Outros R$ 37 bilhões seriam liberados pelo menor endividamento das famílias, que gastam menos com prestações de dívidas em consequência à queda da taxa de juros.
A reconquista do consumidor está na mira dos grandes fabricantes de bens de consumo. Marcos Bauer Lima, gerente da P&G, que reúne marcas como Ariel, Oral-B e Pampers, calcula que seja possível incrementar em R$ 27 bilhões os gastos dos brasileiros com itens de higiene e beleza.
Como exemplo de oportunidade, ele cita o segmento de tratamento para o cabelo. Sem ter saído totalmente da crise, o consumidor quer se cuidar, mas ainda não pode ir ao salão, então busca alternativa de tratamento para fazer em casa.
Não à toa, o atacarejo deverá continuar como um canal importante de vendas, destaca Christine Pereira, diretora comercial da Kantar Wordpanel. É que o consumidor está atento ao que permite levar mais por menos. Embalagens maiores ou promoções do tipo “leve três, pague dois” também motivam as compras.
- O atacarejo seguirá como o canal preferido para as compras de abastecimento, mas o consumidor já começa a olhar os supermercados de vizinhança para compra de recomposição – explicou ela.

Ler 37 vezes

IBAMA AUTUA GIGANTES DO AGRONEGÓCIO

Empresas teriam comprado soja de áreas embargadas, diz instituto.  

Leia Mais

BLOQUEIO A CARGAS VIVAS LEVA 5 FRIGORIFICOS DE AVES E SUÍNOS A PARAR

Com o bloqueio nas rodovias também ao tráfego de veículos com cargas perecíveis e animais vivos, a ABPA já registra a paralisação de 5 plantas produtoras de aves e suínos.  

Leia Mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA FARÁ MISSÃO AOS EUA

Em meio à denúncia de corrupção ativa, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que uma nova missão brasileira seguirá aos Estados Unidos nesta semana para tentar reabrir aquele mercado à carne bovina in natura.  

Leia Mais

NESTLÉ PAGA U$ 7 BI PARA PODER VENDER PRODUTOS DA STARBUCKS NO VAREJO

A Nestlé e a Starbucks anunciaram um acordo de marketing global, no qual a gigante suíça de alimentos e bebidas comercializará os produtos de consumo e serviços alimentícios da empresa de café.  

Leia Mais

JBS MODERNIZA UNIDADE EM GOIÂNIA E AMPLIA CAPACIDADE DE ABATE E DESOSSA DE BOVINOS

A planta recebeu cerca de R$ 20 milhões em investimentos.  

Leia Mais

AMWAY É A MAIOR EMPRESA DE VENDA DIRETA DO MUNDO PELO SEXTO ANO CONSECUTIVO

A Amway, foi eleita a maior empresa de venda direta do mundo pelo sexto ano consecutivo. A premiação foi organizada pela Direct Selling News, maior publicação global do setor de venda direta.  

Leia Mais

SETOR DE BELEZA CONTINUA CRESCENDO NO BRASIL

O setor de beleza continua crescendo no Brasil, apesar do país ter caído da terceira para a quarta posição no ranking mundial, atrás dos Estados Unidos, China e Japão, respectivamente, devido à situação econômica.  

Leia Mais

FINAL DE SAFRA E QUEDA DE PREÇOS NO MERCADO DO BOI

Movimento sazonal de diminuição das chuvas reduz a capacidade de suporte das pastagens, o que corrobora com o aumento da entrega de bovinos terminados.  

Leia Mais

VENDAS DA COLGATE DECEPCIONAM COM A FRACA DEMANDA DA AMÉRICA LATINA

A Colgate-Palmolive disse que as vendas do primeiro trimestre ficaram abaixo das expectativas devido à estagnação da demanda na América Latina - seu maior mercado - levando a empresa a reduzir a previsão de vendas amplas.  

Leia Mais

FERRAMENTA TRABALHA PARA RECUPERAR CLIENTES NO E-COMMERCE

Solução SmartSales foi desenvolvida pela Avanti e traz mais transparência para as empresas que estão inscritas na área de negócios digitais.Criar uma ferramenta a paryir das dores do mercado.  

Leia Mais

SUPERMERCADO LANÇA EMBALAGEM ESPECIAL PARA QUEM NÃO GOSTA DE TOCAR EM CARNE CRUA

Os millennials são o principal foco da iniciativa da Sainsburry’s.A Sainsbury’s, uma das maiores cadeias de supermercados da Inglaterra quer eliminar os níveis de stress ligados a pegar em carne crua, e está lançando embalagens especialmente pensadas para os millennials mais sensíveis.  

Leia Mais

Portal Único do Comércio Exterior passa a valer para os pequenos negócios

A partir do dia 02 de julho, as micro e pequenas empresas exportadoras do país deverão utilizar o Portal Único do Comércio Exterior.

Leia Mais

Pesquisa estima que cosméticos orgânicos movimentem U$ 25,1 bilhões até 2025

Brasil surge como o principal mercado na América Latina e produtos para a pele são os que terão maior expansão no período.

Leia Mais

48% das marcas que cresceram na lembrança do varejista pertencem a três seções

. Mercearia de alto giro – Seção que reúne categorias de consumo rotineiro, a mercearia de alto giro vem historicamente sendo responsável pelo avanço de diferentes marcas, refletindo o perfil commodity – os produtos têm basicamente o mesmo nível de qualidade, o que libera o consumidor para substituição de marcas...

Leia Mais

MEDIDAS FISCAIS NÃO AVANÇAM, E GOVERNO PODE PERDER R$ 39 BI

É o quanto o governo pode perder com medidas fiscais que tiveram vetos derrubados ou cuja votação está emperrada no Congresso.

Leia Mais

Assine nossa newsletter

Tenha todas notícias no seu email.

Assinar

Newsletter


Preencha com seu nome e email os campos abaixo

É gratuito!!