Terça, 03 Julho 2018 09:42

ROTA DE FUGA – Empresas apostam em operação no exterior para crescer. Em 3 anos, subsidiárias aumentaram 47%

Avalie este item
(0 votos)

Empresas apostam em operação no exterior para crescer. Em 3 anos, subsidiárias aumentaram 47%.

A crise econômica dos últimos anos e a instabilidade política têm feito empresas brasileiras apostarem mais em oportunidades fora do país. Segundo levantamento inédito da FGV, o número de subsidiárias – operações no exterior ligadas a companhias nacionais – cresceu 47% entre 2015 e 2018, para 1.740. A estratégia vale para todos os segmentos, de indústrias químicas a grifes de moda, passando por restaurantes e academias. Entre os principais destinos estão Portugal, França, Estados Unidos e Argentina.  Para especialistas, é uma oportunidade de aumentar a integração do Brasil à economia global. Segundo Maria Tereza Fleury da FGV de SP, existem muitos benefícios para a economia nacional nesse processo:

- A busca de mercados (na crise) é um grande motivo, mas, hoje, o objetivo é também desenvolver novas capacidades e inovar – afirma ela.

Outro levantamento feito Fundação Dom Cabral mostra que 8.500 companhias nacionais de médio porte já têm operação no exterior. A procura por novos mercados segue os passos de quase todas as grandes empresas brasileiras. Nos últimos dois anos, 80% das multinacionais ampliaram suas operações lá fora. Na avaliação de Lívia Barakat da FDC, a dificuldade de crescer no Brasil explica o fenômeno.

- As grandes empresas crescem no Brasil e só depois vão para o exterior. Com as médias, há uma inversão. Elas tratam de forma igual a busca por oportunidades tanto no país quanto lá fora.

A recessão dos últimos anos e o contexto político-econômico afetaram o crescimento das companhias.

Para Paulo Sardinha, presidente da ABRH-RJ, a estratégia é escapar da crise brasileira. A busca por uma expansão, no entanto, exige cuidado e planejamento:

- Ir para o exterior exige muito estudo de mercado, assim como a busca de parceiros locais.

Diego Bonomo, da CNI, acredita que a exploração de novas fronteiras deve continuar. Isso porque o número de empresas exportadoras cresceu 8,3% entre 2015 e 2017, para 25.057. Vender para o exterior costuma ser o primeiro passo de quem se internacionaliza.

-Nosso trabalho é para que a internacionalização seja parte integrante da estratégia da empresa, não válvula de escape – explica.

Ler 55 vezes

FAMÍLIAS VOLTAM PARA CRISE E TROCAM MARCAS PARA ECONOMIZAR

A economia brasileira acelerou este ano, ainda que timidamente, e a inflação segue controlada. O desemprego ainda é alto, mas não piorou. Ainda assim, 15 milhões de lares entraram em situação de crise em 2018, ou seja, perderam a renda ou estão com dívidas em atraso. O número é superior...

Leia Mais

QUEDA DO CONSUMO FAZ POPULAÇÃO DIMINUIR COMPRA DE ITENS BÁSICOS

A aura de indefinição causada pelas eleições e incertezas da economia retraiu o consumo dos brasileiros no primeiro semestre de 2018 em comparação com os seis primeiros meses do ano passado. E mais do que isso: vários itens básicos deixaram de ser comprados no período analisado - importante ressaltar que...

Leia Mais

BLACK FRIDAY: HORA DE PESQUISAR E GUARDAR PROVAS

Levantamento mostra que 90% dos consumidores voltariam a comprar na megaliquidação. Mas problemas com atrasos na entrega, cancelamentos e risco de fraudes bancárias exigem atenção redobrada de clientes.

Leia Mais

MARCAS SE COMPROMETEM A CORTAR RESÍDUOS PLÁSTICOS

Grandes corporações, como Coca-Cola e Nestlé, atendem a pressão global. Grandes marcas, da Coca-Cola à Nestlé, prometeram cortar todos os resíduos de plástico de suas operações, no que a ONU chamou de o esforço mais ambicioso até agora para combater a poluição por esse material.

Leia Mais

INFLAÇÃO ACELERA EM TODAS AS FAIXAS DE RENDA

A inflação acelerou para os brasileiros de todas as faixas de renda em setembro. Contudo, a alta dos preços dos combustíveis foi mais intensa para as famílias mais ricas, mostrou o indicador do Ipea. Calculado com base nas variações de preços de bens e serviços pesquisados pelo IBGE, o indicador mostra...

Leia Mais

TECNOLOGIA EXCESSIVA PODE MINAR O NEGÓCIO

A corrida desenfreada de algumas empresas brasileiras para implementação de novas tecnologias pode, muitas vezes, ter o efeito contrário do esperado. Com isso, o posicionamento estratégico nos canais físicos e online deve começar a partir do ‘garimpo’ de dados sobre consumidor final.  “Muitos comerciantes têm pressa para começar com operações digitais...

Leia Mais

E-COMMERCE: FATURAMENTO NA BLACK FRIDAY DEVE CHEGAR A R$ 2,43 BI, DIZ EBIT

O comércio eletrônico deve faturar R$ 2,43 bilhões durante a Black Friday em 2018, crescimento de 15% na comparação com o ano passado, aponta a estimativa da Ebit. O número de pedidos pode registrar expansão de 6,4%, indo de 3,76 milhões para 4 milhões, já o tíquete médio deve chegar...

Leia Mais

BRASIL NA ROTA DO ENVELHECIMENTO

O Brasil terá mais idosos do que crianças e adolescentes, de até 15 anos, no prazo de duas décadas. O dado está em projeção divulgada pelo IBGE, no mês de julho, que aponta que o Brasil está em trajetória de envelhecimento e, em 21 anos, o número de idosos, com...

Leia Mais

OMO GANHA EMBALAGEM DE PLÁSTICO RECICLADO

A linha do lava-roupas Omo Multiação, produto da Unilever, ganhou uma edição especial com embalagem produzida com plástico reciclado recolhido do litoral brasileiro.

Leia Mais

MERCADO DE LIMPEZA DOMÉSTICA CRESCE; ATACAREJO SE DESTACA ENTRE OS CANAIS E PRATICIDADE GANHA IMPORTÂNCIA

Em uma época na qual o termo "tempo é dinheiro" não poderia ter uma conotação mais literal, as escolhas de consumo têm sido diretamente impactadas pela necessidade da realização de tarefas da forma mais prática possível - segundo a Kantar Consulting, 82% dos consumidores buscam cada vez mais formas de...

Leia Mais

PARA VENCER A RAZÃO...

No caos que nos atordoa, às vésperas de uma eleição que nos parece imprevisível e decisiva, o que nos consola é saber que o tempo que vivemos vai passar um dia.

Leia Mais

RENDA DE 35% DOS BRASILEIROS É INSUFICIENTE PARA PAGAR AS PRÓPRIAS CONTAS

A renda de 35% dos brasileiros é insuficiente para pagar as contas em dia, mostrou levantamento feita pela CNDL e SPC.

Leia Mais

INTERNAUTA TEM MIGRADO COMPRA POR MARCAS MAIS ECONÔMICAS

O internauta brasileiro está trocando marcas de alimentos mais caras por outras mais econômicas. É o que mostra um estudo do Ibope Conecta sobre alimentação. De acordo com a pesquisa, 69% dos ouvidos estão trocando por alimentos de marcas mais baratas.

Leia Mais

PREÇO DECIDE COMPRAS ONLINE

Levantamento afirma que 67% dos consumidores de lojas virtuais de fora do país consideram que produtos com valores menores são a principal vantagem. Entre os itens mais comprados, estão roupas, calçados e acessórios. 

Leia Mais

FGTS CONSIGNADO

O Ministério do Trabalho está dando os retoques finais num projeto para alavancar os empréstimos consignados para o trabalhador da iniciativa privada, atrelando como garantia os recursos do FGTS. A proposta, que terá que passar pelo crivo do Conselho Curador do FGTS, vai baixar os juros do consignado para o...

Leia Mais